Com exceção do atletismo, a Luta Olímpica é o esporte mais antigo, de que se tem conhecimento, e que se pratica ininterruptamente ao longo dos séculos de maneira competitiva. Foi introduzido nas antigas Olimpíadas em 708 AC. Pouco depois da data histórica do início dos Jogos Olímpicos, em 776 AC. A Luta Olímpica antecede, historicamente, os Jogos Olímpicos desta época. Existem desenhos de lutadores nas cavernas de Sumero-Akkadian, datados de 3.000 DC. No Egito, também existem estes tipos de desenhos, de 2.400 DC.

Existem centenas de estilos diferentes da Luta Olímpica, ao redor do mundo. E muitas civilizações que possuem tribos indígenas, ainda seguem estes estilos. Entre estes estilos, alguns exemplos existentes, são o Glíma wrestling, praticado na Islândia, o Schwingen wrestling na Suíça e o Huka-Huka no Brasil.

A Luta Olímpica é também conhecida como Wrestling (Luta em inglês).

Internacionalmente, apenas 4 são os principais estilos competitivos para a Luta Olímpica amadora: Greco-Romano, Estilo-Livre, Judô wrestling e Sambo wrestling.

No Greco-Romano, as pegadas estão limitadas somente acima da linha da cintura.

O Estilo-Livre é similar ao Folkstyle Wrestling, que é praticado nos Estados Unidos (EUA). As pegadas não têm muitos limites, com tanto que não sejam perigosas, e podem ser aplicadas em qualquer parte do corpo.

O Sambo, não está nas olimpíadas, é uma combinação do estilo-livre com o judô e é muito popular nas repúblicas da antiga União Soviética.