Os primeiros métodos de combate do Savate surgiram antes do século 18 nas ruas da França. O Savate teve o Chausson como técnica precursora, uma briga  muitas vezes associada à apostas clandestinas. No Chausson se notava o uso de golpes de perna, mão, joelho, cabeça, cotovelos e alguns movimentos de grappiling (golpes de queda).

 A história do Savate no Brasil começa em 1946 com a chegada do Senhor Renè des Forest, que desembarca no Brasil após servir nas forças francesas livres, comandadas pelo General Charles de Gaulle.

 No ano de 1984, Richard des Forest se forma em educação física pela UGF ampliando os horizontes do esporte no Brasil.

 Após alguns anos acumulando experiências internacionais teóricas e práticas na arte do Savate, o mestre Richard recebe das mãos do senhor Richard Sylla, em Vichy na França, o diploma de gant d’argent (luva de prata) e professor. Com este título Richard se torna o único sul-americano formado em savate na França.

 Atualmente, o mestre Richard encontra-se envolvido com a divulgação do Savate nas diversas áreas de abrangência desse esporte (Savate de rua, Savate combate e Savate estilo) e introduzindo essa arte ao mundo do MMA (mixed martial arts).